“Entre o romântico do século XVIII e o patife do século XXI”

05 Mai “Entre o romântico do século XVIII e o patife do século XXI”

Foi esta a inspiração para o seu segundo volume de canções. Nas suas palavras: “São canções simples. Umas gaudérias e outras que se descolaram da pele, plenas da minha verdade. Apeteceu-me também dançar desta vez. Entre o romântico do século XVIII e o patife do século XXI.”

Fotografia Paulo Segadães